Outros

Saiba o que é Efluente, e quais as formas de tratamento

Conhecendo os Efluentes:

Qualquer resíduo oriundo do esgoto doméstico, como da água do banho, da lavagem de roupas, de louças, da descarga do vaso sanitário, ou industrial como água de lavagem de utensílios e equipamentos, água de refrigeração e até mesmo agrícola quando lançados ao meio ambiente representam um efluente

Ainda de acordo com o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) com base no ano de 2019, cerca de 54,1% da população total é atendida por redes de esgoto, porém o diagnóstico revela que o volume efetivamente tratado do total que é gerado ainda é baixo, e equivale a 49,1%. Mesmo assim, o índice é 2,8% maior que o registrado no ano anterior.

Desta forma, isto significa que os efluentes compostos por esgoto de prédio e caixa de gordura de casas que não são coletados ou tratados são despejados diretamente nos rios, lagos e oceanos, poluindo fontes de captação de água. 

Indiferente da origem todos trazem grandes impactos à sociedade e ao meio ambiente, os efluentes de origem industrial e agrícola ainda ganham destaque, pois são ricos em metais pesados, óleos, entre outros. 

Portanto, antes do efluente retornar aos corpos hídricos é necessário passar por um tratamento, onde o método para tratar depende da carga de poluição presente no mesmo, que são identificados a partir de coleta de amostra e posterior análise.

Vale lembrar que o Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) de acordo com a Resolução 357/2005 (alterada pela Resolução 410/2009 e pela 430/2011), estabelece parâmetros aos efluentes que voltam à natureza e classifica os corpos de água.

Tratamento efluente

O tratamento de efluente em uma estação de tratamento é dividido da seguinte forma:

Pré tratamento:

  • Gradeamento: É a primeira etapa na estação de tratamento de esgoto, onde ocorre a retenção dos resíduos sólidos indevidamente lançados na rede de esgoto, como fraldas, papel higiênico, entre outros.
  • Caixas de areia/desarenador: Essa estrutura serve para reter areia e outros resíduos menores que passaram pela etapa anterior.

Tratamento Primário:

  • Processos físico-químicos: Nesta etapa ocorre a neutralização da carga poluidora presente no efluente, com o uso de um tanque de equalização e adição de produtos químicos. Em seguida, ocorre a separação de partículas líquidas ou sólidas através de processos como de floculação e sedimentação, utilizando floculadores e decantador (sedimentador) primário.

Tratamento Secundário:

  • Remoção da matéria orgânica: ocorre através de reações bioquímicas, podendo ser na presença ou ausência de ar. Os processos com ar simulam o processo natural de decomposição, com eficiência no tratamento de partículas finas em suspensão e o oxigênio pode ser obtido por agitação mecânica. Já na ausência de oxigênio consistem na estabilização de resíduos feita pela ação de microorganismos.

Tratamento Terciário:

  • Visa a remoção do material em solução que não foi tratado nas etapas anteriores, como é o caso da remoção de macronutrientes (nitrogênio e fósforo) de metais pesados, compostos orgânicos recalcitrantes e/ou refratários ou ainda na remoção da cor ou até mesmo na desinfecção.

Existe uma gama de setores que necessitam implantar uma estação de tratamento para seus efluentes, a seguir é apresentado os mais comuns, entretanto, ressalta-se a importância de consultar junto ao órgão ambiental a obrigatoriedade de licenciar tal atividade e instalação: 

 

  • Área da construção civil, com seus efluentes sanitários e lama bentonítica;

  • Indústria de bebidas, como de refrigerantes, destilados, fermentados, sucos e bebidas lácteas;

  • Indústria alimentícia;

  • Indústria de cosméticos;

  • Outras.

É importante destacar que empresas que necessitam realizar o descarte e tratamento correto do efluente, caso não o façam além de agredir ao meio ambiente, podendo trazer danos irreversíveis, ficam suscetíveis a responder processos administrativos e serem até punidas com multas, paralisação ou até fechamento do empreendimento.

Danize de Souza Justen

Danize de Souza Justen

Analista de Pesquisa de Mercado na Ecosol Soluções Ecológicas. Engenheira Agroindustrial Agroquímica - Graduada pela Universidade Federal do Rio Grande - FURG.