Doenças e EpidemiasResíduos Sólidos

Como evitar a proliferação de vetores originados do lixo.

Como evitar a proliferação de vetores originados do lixo: 3 dicas preventivas, simples e eficazes para reduzir os vetores causadores de doenças na sua cidade.

Neste vídeo, vamos te apresentar 3 dicas preventivas, simples e eficazes para você reduzir muito a probabilidade de proliferação desses vetores.

Você sabia que existe uma infinidade de doenças decorrentes da proliferação de vetores presentes no lixo descartado incorretamente? E que milhões de pessoas morrem todos os anos decorrente de doenças causadas por vetores originados do destino incorreto dos resíduos sólidos urbanos? Será que no seu município o lixo é tratado corretamente?

As possíveis soluções que os gestores municipais têm utilizado com sucesso estão baseadas na prevenção. Mas será que a prevenção tem sido feita de forma correta?

Você, como gestor público, certamente gostaria de ter uma cidade livre de doenças transmitidas por vetores, correto? Primeiramente, temos que entender o que significa um vetor:

Vetores de doenças
Vetores de doenças

Os vetores são seres vivos que servem como intermediários na propagação de alguma doença. Eles podem carregar vírus, bactérias, entre outros, sem serem afetados e transmitem para outros seres, como por exemplo, o homem.

 

 

Rato: um dos maiores transmissores de doenças

No final de 2016, após enchentes no Espírito Santo, vários casos de leptospirose foram registrado em Cachoeira de Itapemirim. 

As pessoas foram contaminadas após entrar em contato com a água misturada a urina e as fezes de rato. Foi constatado que a principal causa disso era do lixo acumulado indevidamente, que possibilitou um ambiente adequado a proliferação dessa espécie. 

Para se ter uma ideia do problema, apenas no Brasil, nos últimos 10 anos foram confirmados mais de 35 mil casos de leptospirose. Grande parte disso causada pela má gestão do lixo.

As doenças transmitidas por vetores constituem um importante aumento nas causas de infecções e mortalidade no mundo, sendo hoje um dos principais problemas de saúde pública. 

Os principais vetores relacionados ao lixo são:

  • Ratos
  • Mosquitos
  • Baratas
  • Formigas
  • Moscas
  • Porcos

Todos eles transmitem os mais diversos tipos de doenças, entre elas:

  • Leptospirose
  • Peste Bubônica
  • Dengue
  • Febre Amarela
  • Cólera
  • Diarréia
  • Disenteria

O que fazer para se prevenir?

O que você pode fazer para diminuir a proliferação de vetores na sua cidade com estas 3 dicas simples:

  1. Oriente a população a acondicionar o lixo em sacos plásticos e somente colocar na rua próximo ao horário de coleta.
  2. Monitore terrenos baldios, beira de córregos e outras áreas públicas para que não haja acúmulo de lixo a céu aberto.
  3. Mantenha uma gestão adequada de resíduos sólidos urbanos, tais como: estabelecer a coleta em dias e horários fixos com uma frequência que evite o acúmulo nas residências e nos espaços urbanos.

Com estas simples ações você vai evitar a proliferação dos vetores originados do lixo e também a transmissão de doenças em sua cidade. O que você está esperando para mudar a realidade do seu município?

Fique atento aos nossos conteúdos!

Abraço e até a próxima.

Veja mais dicas nesse post.

Conheça nosso site em www.ecosol.com.br

Deixe uma resposta