Como evitar a exposição do lixo com uma alternativa economicamente viável

Exposição do lixo a céu aberto traz prejuízos incontáveis à população.

 

Lixão a céu aberto

Como muitos de nós já sabemos a exposição do lixo a céu aberto é a causadora de inúmeros problemas relacionados ao meio ambiente, saúde pública e até mesmo a desvalorização imobiliária, afinal, ninguém gostaria de ter um lixão perto de casa, não é mesmo?

O jornal O Globo fez uma reportagem mostrando como o acúmulo de lixo a céu aberto nas ruas do Rio de Janeiro pode ser prejudicial à população, atraindo ratos, baratas e insetos, provocando doenças como leptospirose, dengue e diarreias.

 

Lixo exposto pelas ruas da cidade onde uma pessoa anda de bicicleta
Lixo exposto nas ruas é prejudicial à saúde

Além dos problemas citados pela matéria do O Globo, podemos salientar que a exposição do lixo em grande parte dos casos, deve-se a carência de tecnologias que possibilitam a organização e reprocessamento de forma isolada do meio ambiente, e que sejam economicamente viáveis para os municípios.

Algumas empresas já pensaram em alternativas que se encaixam neste contexto e podem ser a saída para o problema que atinge a maioria dos municípios brasileiros.

 

Novas tecnologias auxiliam no combate

Foi desenvolvido e testado em alguns municípios brasileiros um sistema que compacta os resíduos sólidos, extrai os líquidos gerados e ensaca ou embolsa o resíduo compactado, proporcionando benefícios, como:

  • Isolamento de resíduos do solo;

Com o resíduo sólido embolsado, o contato dele com o meio ambiente não acontecerá, evitando a contaminação de águas, rios, córregos e solo.

  • Ausência de vetores e odores;

Por estar totalmente encapsulado, o resíduo não entra em contato com o meio ambiente, evitando assim a proliferação de vetores e propagação de odores oriundos da decomposição dos resíduos, permitindo uma aparência limpa no local de destino.

  • Melhor organização;

Com o sistema de bolsas compactadas, os resíduos sólidos ficam empilhados, ocupando menos espaço e tornando a organização mais eficaz.

  • Inibe a geração de gases;

O resíduo não fica exposto a céu aberto, o que inibe a geração de chorumes e gases tóxicos.

  • Possibilita o reprocessamento dos resíduos no futuro sem danos ao meio ambiente.

O fato de se ter os resíduos embolsados, permite um futuro processamento da matéria orgânica e reciclável, através da reciclagem e compostagem, além de não poluir o solo e o ar.

 

O embolsamento pode ser a solução da exposição do lixo

Mão segurando saco de lixo
Lixo é ensacado em casa para evitar a exposição

Vou te dar um exemplo bem prático: ensacamos o lixo em casa para reter o odor, os líquidos e para facilitar na organização e descolamento da casa até a lixeira na rua, correto? 

Agora imagine esta mesma forma de ensacar o lixo, porém, em grande escala, com um tecido para o embolsamento de alta resistência e impermeabilidade. Os benefícios são muito maiores se comparado a forma de coleta tradicional disponível hoje, e esta solução pode ser utilizada em qualquer lugar do Brasil, independente da região e do clima local.

 

 

Lixo embolsado no aterro evita a exposição no solo

O sistema de embolsamento está pronto para ser utilizado pelos municípios brasileiros. Porém, como toda inovação, existem barreiras e vai de nós, como população, entendermos e apostarmos em soluções inovadoras e sustentáveis, que podem mudar o cenário atual e resolver os problemas gerados pelos resíduos que degradam nosso planeta.

 

 

Não podemos permitir o fim dos recursos naturais, doenças cada dia mais agressivas e outros problemas vindos da exposição do lixo para então adotarmos novas soluções.

A hora de pensarmos em mudanças e fazer história é agora.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *